Há coisas que nunca mudam.


Estou a apanhar uma grande seca na escola. Estou à espera de uma reunião que vai começar às sete e meia da tarde. Se tudo correr bem, deve terminar por volta das nove e meia. Depois irei para casa para comer qualquer coisa, dar uns beijinhos às minhocas e cair nos braços da minha rica senhora, que também merece a minha atenção. Aliás, eu gosto muito de lhe dar atenção porque ela merece. Nesta aventura de criar filhos, de os educar e de tentar que venham a ser boas pessoas, ela tem sido uma excelente companheira e o meu suporte para continuar equilibrado. Sim, porque eu ainda sou equilibrado. Pode não parecer, mas sou. Adiante. Amanhã vou acordar e vou estar de férias. Vou poder fazer outras coisas. Vou descansar a cabeça das coisas da escola. Não vou querer saber do estado do país. Não vou querer saber  das baboseiras que o primeiro ministro vai dizendo sobre as pessoas que não têm trabalho. não quero pensar se vou ter dinheiro para pagar as contas todas. Não vou perder o meu precioso tempo com tretas más. Vou antes pensar que vem aí o Natal e que as minhas minhocas adoram esta época. É natural, eu quando era pequeno também adorava o Pai Natal. 

Leave a Reply