Por falar em Brasil.

Esta imagem espelha bem a ideia que eu tenho do Brasil. Pleno de cor. Pleno de samba. Pleno de mulatas e mulatos. Pleno de energia. Outros plenos existirão mas não cabem aqui agora. A ideia do Brasil passa obrigatoriamente pelo Carnaval e pelas praias banhadas em fio dental. É um clássico e como eu muitas outras pessoas pensarão o mesmo. Mas depois ponho-me a ver bem como são as coisas por lá e aquilo é muito mais do que isso. O progresso econômico é bem visível e hoje em dia o Brasil está no top das economias mundiais. As populações estão a ter melhores condições de vida e maior poder de compra, há mais guito para distribuir, já não é só o guito proveniente do tráfico nas favelas, felizmente. Por isto e por outras coisas é que há muito português a fugir para o Brasil em busca do el dourado, do dinheiro fácil e a acharem que vão para o paraíso. Claro que muito deste paraíso passa pelo fio dental, o que é perfeitamente legítimo e a mais não são obrigados, mas quem pensa que vai para lá encontrar o país mais evoluído do mundo, desengane-se. Basta olharmos para a fotografia que está mais acima. É um festival de cor, movimento, ritmo e de uma grandiosidade a toda a prova. Mas também se consegue perceber que tudo aquilo, sendo de um extremo mau gosto para um europeu, é levado e encarado muito a sério por um brasileiro. É o resultado mais visível do grau de instrução de todo um povo e só me faz lembrar o que por aqui se faz em diversas terreolas, por altura do Carnaval. Não somos melhores.

Deixar uma resposta