Talvez amanhã eu me lembre melhor…

Também sou moço para confessar algumas coisas. Umas mais segredosas do que outras. Todas elas estão cá dentro bem marcadas. Agora… saírem cá para fora… torna-se uma questão de oportunidade. Tudo depende… de muita coisa… Por exemplo. Agora estou a ouvir uma musiquinha de uns desconhecidos, até à data, que andam com aquilo à volta das drogas aspiradas pelo nariz. Não que eu tenha histórias secretas que girem à volta das tais drogas aspiráveis. Eu é mais bolos. Mas ponho-me a pensar e… se calhar…  era capaz de confessar que tenho um fraquinho por…

Leave a Reply