As contas deste rosário…

Nestes dias de papo para o ar, acabo por ter alguma dificuldade em escrever sobre o que quer que seja. É uma molenguice que se abate sobre mim… que eu vou-vos contar… ainda por cima só consigo estar no computador a ouvir Barry White remisturado… o que torna a coisa ainda mais arrastada… mas enfim, quando não se tem ideias, vai-se ao que já existe. Estive a ver as estatísticas deste blogue e descobri algumas coisitas interessantes. A primeira é que a percentagem mais elevada de visitantes não é portuguesa mas sim brasileira. São os nossos irmãos do outro lado do continente quem mais me visita. Estranho mas percebo que venham ao engano… mas mais estranho são os visitantes do Japão… não tenho amigos por lá… e nunca falei com um japonês… depois tenho alguns que chegam de Inglaterra mas aí conheço e tenho alguns amigos, por isso… Continuando com a estranheza, do México surgem uma data de visitantes e só podem ser narcotraficantes sem mais nada para fazerem… Também dos Estados Unidos surgem visitas e vá-se lá saber porquê, não sendo eu um admirador dos cowboys… não percebo como cá vão chegando… e depois há mais países estranhos, quero dizer, os países não serão estranhos. São países. Estranhas são as pessoas que habitam nesses países… Conclusão: não querendo afirmar a pés juntos que este blogue é internacional e que faz parte da construção mundial, só posso mesmo é afirmar que este blogue é um logro… porque apenas vinte por cento das visitas é que são de pessoas repetentes, ou seja, dos amigos… que é para quem este blogue é dirigido e dedicado.

Leave a Reply