É melhor isto do que o cilício.

Acabadinho de tomar banho. Um banho quentinho, nesta tarde chuvosa sabe muito bem. Principalmente depois de uma corrida. Sim, fui correr à chuva, coisa que não fazia há mais de vinte e cinco anos. E soube-me bem, muito bem, sentir aquela chuva miudinha, molha todos ou tolos, como se diz em trás-os-montes, a percorrer-me o corpo. Foi apenas meia hora de corrida mas foi libertador para o corpo e, principalmente, para a cabeça. Consegui esquecer as amarguras da vida; não pensei em sexo, nas suas variadas formas; não tive hipótese de ouvir os berros das minhas queridas filhas, nem ao longe…; e as contas para pagar? eu tenho contas para pagar? não tenho ideia de nada disso… Enfim foi uma bela forma de descansar a cabeça da loucura do dia a dia… e agora vou estufar umas coxinhas de coelho, lentamente, para ficarem mais tenrinhas…

Leave a Reply