Movimentos… há muitos! Necessidades… também!

Com esta idade já não deveria ser assim. Mas é! O quê? Ainda me espanto com as necessidades das pessoas. Temos todos necessidade, de vários géneros e feitios, é certo, mas será que existem necessidades que querem ser mais imprecindíveis do que outras? Se calhar existem mesmo necessidades que nunca passaram pela minha cabeça e que passam a toda a hora pela cabeça de outras pessoas…  Por vezes também eu sinto vontade de inovar. De criar um movimento. Um movimento de pessoas que gostem de aparecer com as calças em baixo e sem camisola. Mas teria de ser um movimento coeso e que todos os seus intervenientes estivessem emanados de um espírito de comunhão. Seria o movimento das pessoas que têm a necessidade de aparecerem com as calças na mão e sem camisola mas que nunca estejam virados para as câmaras. Assim sendo, sempre que fosse tirada uma fotografia, todos os elementos do movimento estariam de costas, com as calças na mão, sem camisola, mas com o rabo virado para o céu e para o estrelato, na maior e plena confiança. Seria bonito de se ver.

Leave a Reply