Assim, justo e perfeito.

A esta hora, meio da tarde, só me apetece escrever alguma coisa sobre a bela arte do sexo. Podia antes fazer uma pesquisa sobre o assunto. Poder podia, mas não seria, com toda a certeza, a mesma coisa. Não há nada como decidir inventar sobre o assunto. Sim porque a invenção é uma cena que assiste metade dos portugueses, pelo menos. Então neste assunto tão importante e peculiar na vida dos portugueses… é que se inventa largo… e convém não esquecer que eu ainda sou português, logo invento muito. De seguida ponho-me a ver imagens, muitas imagens sobre assuntos sexuais… digamos assim… a ver se me sai alguma invenção pela boca fora. Mas nada. Deve ser do mau tempo que me tolhe o desejo e a vontade de falar sobre este assunto tão rico e tão nobre. Fica a tentativa.

Leave a Reply