Artista de circo sem rede social…

Ando desconfiado. Desconfiado de que me andam a enganar. Passo a explicar. Há enganos e enganos. Há enganos que eu não me importo mas há outros enganos que me chateiam, aborrecem-me, pronto. E os que aborrecem solenemente são aqueles que são feitos à má fila mas esses são aqueles que aborrecem toda a gente. Não sou diferente, portanto. Mas não deixo de ficar com a pulga atrás da orelha. Há uns tempos, dizia-me a minha amiga I.W.C. que estava curiosa sobre a minha permanência na rede social da moda. Dizia ela que não entendia como era possível eu ainda não ter sido chamado à razão sobre as imagens que vou colocando nas minhas publicações. Eu também não percebia e apenas conseguia explicar pelo facto de serem publicações externas, ou seja, remetendo para blogues… no caso… meus…

Hoje tive a primeira reprimenda. Os senhores vieram ter comigo e tiveram uma conversinha. Que aquilo não era a maneira mais correcta de exprimir os meus sentimentos e tretas do género e eliminaram a fotografia em causa. Também disseram que se continuasse a insistir no assunto, se veriam na obrigação de me mandarem para o espaço. Fiquei magoado. Magoado porque a imagem que eles classificaram de indecente não fui eu que lá pus… nem consegui perceber quem a colocou lá… nem sequer fazia o meu género… E é aqui que eu acho que ando a ser enganado. É que me aparecem uma data de publicações de pessoas, entidades e mais não sei o quê para as quais eu não fui tido nem achado e que vão publicando no meu mural uma data de chachadas… que eu não acho piada nem quero lá ver escarrapachadas.

É por estas e por outras que eu gosto deste meu cantinho, pago com o esforço do meu trabalho… para poder parecer que digo coisas sérias mas que ninguém quer saber… nem eu.

7 thoughts on “Artista de circo sem rede social…

  1. admin Autor do artigo

    Tens razão Zé Maria, acho que devo fazer uma limpeza nos amigos virtuais… olha, vou mandá-los borda fora… mas sem boia…
    Abraço 🙂

  2. boss

    Creio que consegues saber quem posta no teu face e mandá-lo(s) à fava … de vez, no que à amizade facebookiana diz respeito. Eu já mandei uns quantos. Quanto ao blogue que manténs, pois ainda bem, porque é o único que visito, regular e religiosamente (passo a vida a benzer-me por causa das imagens e de alguns textos). Vai, manticora, vai, mantém esta coisa!

  3. admin Autor do artigo

    @Ana, obrigado pela gentileza das tuas palavras. Quanto à minha senhora, ela não tem lá ido, mas eu vou-lhe dizer 🙂 beijinhos.
    @Filipe, aquele abraço 🙂

  4. anna

    Pois… aos anos que não nos vemos…! Mas guardo-te como um colega cinco estrelas que tinha coisas giras a dizer 🙂 E aqui volto, na esperança de sair com um sorriso. Saio sempre!
    Beijinhos à tua senhora (deixei um recado na caixa de comentários do blogue dela mas nem ligou), às tuas meninas e aos peludinhos lá de casa 🙂

  5. admin Autor do artigo

    Ana Paula Mateus 🙂 aos anos que não nos vimos e ainda tens a coragem de vir aqui ler as minhas palermices:) ah, mulher corajosa:)
    Beijinho

  6. anna

    Enganas-te… Alguns tontos que não sabem o que fazer ao tempo passam por aqui e gostam de te ler… Gostam muito! 🙂

    Beijinho

Leave a Reply