Se calhar alguém consegue!

Enquanto ouço Barry White, em modo on, vou pensando na vida. O trabalho já era. Amanhã logo se verá. Agora tenho de pensar na vida. Só tenho esta e por isso tenho de pensar nela. Só ter esta, é uma forma de expressão. Queria antes dizer que estou a viver esta  vida e, como tal, tenho de a pensar para a viver em total plenitude.

Assim, até parece um assunto muito sério, mas não é! A vida das pessoas, apesar de ser importante, não deve ser encarada de uma forma tão… formal? Quando pensamos na nossa vida, acabamos por ser tão sérios? Quando estamos perante outras pessoas, esforçamo-nos por parecer tão convincentes? Quando nos questionam, acabamos sempre por querer dar uma imagem de quem não tem medo? E tudo isto para quê? Alguém consegue explicar esta necessidade que as pessoas sentem de se protegerem? De mostrarem que possuem aquele bocadinho assim? Eu não consigo!

Leave a Reply