Gostava deles… mas também… não é nada de grave…

Perdi os meus óculos escuros. Pela primeira vez na minha vida, perdi um objecto pessoal. Não passava de um objecto, apenas um objecto como tantos outros, mas gostava deles e não estou habituado a perder as minhas coisas. E o mais preocupante é que nem sequer faço a mínima ideia onde os poderei ter perdido, nem como. Varreu-se-me completamente da cabeça o rasto do raio dos óculos. Esta semana que se aproxima a passos largos também vai ser muito cansativa e espero que não me aconteçam mais coisas destas. Não é por nada, mas não gosto!

Leave a Reply