Era corrê-lo à mangueirada…

Não sendo este blogue afincadamente político, nem de perto nem de longa, por vezes gosto de comentar alguns acontecimentos da nossa vida política. Não consigo resistir. Claro que é a minha opinião e, muitas das vezes, sem o conhecimento completo dos factos políticos mas é o que se pode arranjar…

O que já se falava ao final do dia de ontem e nos telejornais do almoço de hoje tem toda a importância para o país. Trata-se, obviamente, da inconstitucionalidade dos cortes dos subsídios de férias e de natal aos funcionários públicos com um rendimento acima dos mil e cem euros. Estava-se mesmo à espera que isto viesse a suceder pois, mesmo para mim que não percebo nada de leis me parecia evidente que o princípio da igualdade de direitos estava a ser posto em causa. O que eu acho mais estapafúrdio é que aquele ser que ocupa a cadeira de Presidente da República não tenha posto isto em causa e enviado logo para fiscalização do Tribunal Constitucional os ditos cortes dos subsídios. Ele que é tão lesto em fazer algumas observações quando lhe dá jeito, desta vez limitou-se a dizer que a medida era muito dura e tal… e não fez mais nada… É o que temos e ainda iremos ter durante mais dois ou três anos… nem sei bem quando é que o homem se põe a andar…

Este ano já não adianta nada porque os cortes já foram feitos e as pessoas vão continuar com dificuldades, mas vão pensar que para o ano já irão receber mais qualquer coisa… pelo menos é essa a esperança… e pensando melhor… se calhar isto foi tudo planeado para aliviar um pouco a tensão da população. Sei lá, já não digo nada…

2 thoughts on “Era corrê-lo à mangueirada…

  1. admin Autor do artigo

    Pois é. São mesmo os governantes que temos:)) e pelo andar da carruagem parece-me que os vamos aturar por mais uns anitos…

  2. Lima

    Olá Rui, tens toda a razão, isto foi uma manobra, ou uma desculpa para o passos, ter legitimidade para retirar aos trabalhadores privados uma parte dos subsidios. Tb não percebo, se o TC declarou inconstitucional o corte do subsidios, pq raio tem que haver exceção para este ano…..afinal ou é ou não é. Enfim, são os governantes que temos………infelizmente.

Leave a Reply