Mais do mesmo…

Flores_rojas

Ontem consegui ver o jogo do fêcêpê na televisão. Já não acontecia há muito tempo. Nem percebi muito bem porque é que deram o jogo na televisão… afinal de contas era o fêcêpê… aquele dito clube regional… duma região longínqua deste nosso Portugal. Pode ser que as televisões portuguesas comecem a encarar o futebol como um bom negócio, global e gerador de receitas. Não consigo entender os responsáveis por uma estação de televisão que, para além de proporcionar informação e entretenimento, também está no ar para dar lucro se deixem manipular por alguns jornalistas habilidosos que fazem com que exista esta disparidade de critérios no tratamento noticioso que dão aos diferentes clubes. Tal como eu, muitos portistas estão-se a marimbar para esta discriminação… é para o lado que dormimos melhor… mas fica sempre aquela mágoa por não vermos reconhecido o trabalho e o valor do fêcêpê. Se alguém tiver dúvidas esperem até quinta feira, dia em que os coisinhos vão jogar com uma equipa alemã… e vão ver a diferença de tratamento noticioso… a histeria colectiva… os directos e as entrevistas a tudo o que mexe…

Enquanto o país desportivo vive a sua “normalidade”… o fêcêpê vai-se esforçando por fazer o seu trabalho, vai continuar a tentar ganhar e a proporcionar alegrias a todos os que nele acreditam. Eu sei que este post pode ser visto como um verdadeiro complexo de inferioridade, por parte dos do costume que continuam a alardear com o seu passado histórico, mas por vezes é necessário relembrar os mais distraídos que o fêcêpê “is the force”!

2 thoughts on “Mais do mesmo…

  1. admin Autor do artigo

    Dady, Dady… nós não queremos ser os maiores. Nós queremos é continuar a ser os melhores! Podem ficar com o recorde de sócios… com o estádio que leva mais pessoas… podem ficar com tudo o que quiserem… só não ficam com o melhor palmarés, com o maior número de títulos, com o prestígio internacional e nem cheiram de perto a nossa vontade de ganhar 🙂
    Por isso, começa a pensar no regionalismo com mais cuidado… deixa lá os centralistas da capital, que nunca te deram nada (e tu sabes que na tua terra sempre foram… digamos, marginalizados…) deixa-os continuarem a sonhar a preto e branco… que é o que merecem 🙂 Por falar nisso, tu não tinhas mudado de clube???
    Abraço e vê lá se um dia destes apareces cá por casa 🙂

  2. Dady

    Não é complexo de inferioridade, são só dores de crescimento, um Dia quando forem grandes vão perceber.
    Até lá vão continuar com chorinhas.

Leave a Reply