À noite, de certeza absoluta, vou escrever um post sobre o amor!

20120214-195298-8

Pergunto-me se poderei fugir da realidade? Poderei? Posso? Não me parece. Nasci com este nariz e vou morrer com o raio deste nariz. Que poderei fazer? Nada! É grande, eu sei! Aliás, toda a gente sabe que o meu nariz é grande. É do tamanho do mundo e o mundo está onde? Brincadeirinha… Poderia sempre afirmar que está aos meus pés… mas essa era fácil de mais. E esse não é o perfil do meu nariz. O meu nariz tem um perfil, digamos, imprevisível. Tanto parece rectilíneo, à boa maneira romana, como muito de repente parece curvilíneo, à boa maneira grega. Tudo top, portanto. No fundo é enganador. E é essa a piada (palavra descontextualizada porque ter um nariz assim não tem piadinha nenhuma…).

Bem, eu gostaria de continuar mas tenho que ir buscar a minhafilhaquegostadehiphop à escola, o que é uma pena porque ela está lá muito bem. Apesar desta adversidade toda, ter um nariz do tamanho do mundo também tem as suas vantagens. Querem apostar que quando eu for buscar a minhafilhaquegostadehiphop o meu nariz dobra primeiro a esquina e chega primeiro do que eu?

Leave a Reply