Temos o que merecemos.

cheatafull

Se há coisinha que me tira do sério… são estas manifestações dos estudantes portugueses que, por esta altura do ano, decidem descobrir que a vida existe. Decidem que a diversão deve ser… vivida… durante uma semana. É a semana da queima das fitas. Acho execrável o conceito, mas isso sou eu. Pelos vistos há muitos mais a pensarem exactamente o contrário. Fixe para eles. Para além desta diferença de opiniões, que não me leva a lado nenhum, fico ainda mais desiludido com a cambada de estudantes que estão à frente deste tipo de eventos (já que os outros, os participantes, não pensam…pelos vistos divertem-se…). Como todos soubemos, pelas notícias, infelizmente morreu um jovem de vinte e quatro anos num assalto à bilheteira do “queimódromo” do Porto. Situação muito triste e revoltante. Não interessam os pormenores do assalto, se foi um herói ou não, o que conta mesmo é que se perdeu uma vida inutilmente, de uma forma trágica. Mais chocante ainda foi a reação dos ditos organizadores… que não se dignaram a encerrar o queimódromo em sinal de solidadriedade e respeito para com o jovem que morreu e com os seus familiares. Continuarem com a festa da bebedeira colectiva foi a pior coisa que poderiam ter feito. Eu nem tenho palavras para expressar o que sinto pois, quer-me parecer, nunca será suficiente para caracterizar esta espécie de gente, que se diz e proclama de doutor, e que um dia irão estar, muito provavelmente, à frente dos destinos deste pobre país.

Leave a Reply