Se fosse comigo, primeiro, tinha uma conversinha com os filhos…

“Tenho uma colecção de filmes pornográficos que via algumas noites quando todos estavam a dormir. A minha mulher descobriu-os e, agora, diz que sou tarado e vai contar aos nossos filhos a pessoa que eu sou. Não sei porque gosto de ver aqueles filmes, mas, provavelmente, é por ela nunca se ter mostrado entusiasmada com a nossa sexualidade. Mesmo assim, não sinto que tenha uma doença de perversão. Aliás, sempre fui extremamente correcto com ela.”

in Maria.

Leave a Reply