Rita Vanina – 2013.

Rita Vanina

E o tempo passa. Vai passando. Já quase não consigo chamar minhoca à minha filha mais velha. Está praticamente uma pré-adolescente… adolescente… ou todas as complicações que esta idade lhe vai trazer. Pois é, a minhoca Rita faz hoje onze anos. Ultimamente tem sido uma relação tempestuosa e difícil, com reações próprias da sua idade, com a agravante de ter um pai, também ele, numa adolescência tardia… Mas nada disto invalida o grande amor que sentimos um pelo outro. Esse sentimento é muito forte e, só por ele, já valeu a pena termo-nos conhecido… Para ti, Rita Vanina, deixo-te um grande beijo de amor e o desejo que persigas os teus sonhos e que sejas muito feliz.

Leave a Reply