Se pudesse, pegava na bela Scarabeo e ia dar uma volta.

Hippopotamus and Performer. Great Rayman Circus, Madras, India, 1989

Mas não posso!

Há vários dias que não escrevo nada no blogue. Para ser sincero, não tenho tido sossego. O sossego suficiente para me concentrar e escrever. Não é que precise de estar muito concentrado mas quando não tenho tempo, acho que a concentração é fundamental. São quatro da manhã. Hora imprópria para quem tem de se levantar às sete e meia para tratar de pôr a mexer esta casa. Vai ser bonito mas isso, agora, não interessa nada…

A minha rica senhora está a ficar nas últimas. Não tem parado e, de sessão em sessão, de feira em feira, de arruada em arruada ou mesmo de debate em debate, vai-se esgotando e está a ficar cansada, magra e cada vez com menos energia. Vai ser bonito quando tiver que ir trabalhar sem ter tempo para descansar. Bastavam dois diazitos, a dormir, e ela ficava como nova.

A minha campanha é muito mais tranquila. Aliás, eu sou um candidato tranquilo… ciente de que vai subir a votação para a Junta de Freguesia… Este meu envolvimento político veio-me trazer uma nova consciência cívica. Como muito boa gente, também eu deixei de acreditar nos políticos que nos governam há anos e anos. Como muito boa gente, também eu deixei andar, deixei de pensar se as decisões tomadas eram as mais acertadas ou não. Como muito boa gente, também eu insultei os políticos que nos governam sempre que surge mais um escândalo. Como muito boa gente, também achei que podia mudar o mundo. Não posso. É ponto assente que a minha voz e as minhas ideias não vão mudar o mundo. Não vão acabar com as injustiças. Não vão acabar com o egoísmo das pessoas em detrimento dos outros. Não vão acabar com a estupidez nem, tão pouco, com a mesquinhez de quem tem o poder. Provavelmente não vão mudar rigorosamente nada. É o mais certo! Mas, dentro da minha vontade, posso sempre tentar dar o meu contributo. À minha escala, é certo, mas de uma forma verdadeira.

Passando por cima da prosa, continuam a ser altas horas da madrugada e eu sem sono. Três irlandeses já tiveram uma conversa comigo. Os irlandeses são tipos divertidos. Pode ser que me convençam a ir dormir.

Leave a Reply