Tirem-me deste filme!

image0102

Completamente desmoralizado e a pensar na razão que me levou a ter filhos. A razão pode ter sido a mais razoável na altura… agora só me faz pensar que errei. Não nasci para ter filhos e a minha vida é, por vezes, um autêntico pesadelo. Ter de lidar com crianças perfeitamente idiotas e com atitudes de autêntica cretinice, não faz o meu género. Eu bem sei que todos temos momentos menos bons. Que a seguir aos momentos horrorosos surgem sempre os melhores momentos, maravilhosos… Tudo isso vem nos livros. Ok. Mas hoje, agora, agorinha, o que me fica gravado é que os filhos são uma coisinha má que nos acontece na vida.

3 thoughts on “Tirem-me deste filme!

  1. admin Autor do artigo

    Eheheheheheheheheh hoje é, realmente, outro dia… guardei as facas, respirei fundo e pensei para comigo que ainda é cedo para cortar as crianças aos pedacinhos… deixa-as crescer… 🙂
    E Luís, não sei se vou ao jantar. Gostava, mas ando sem tempo… se é que me entendes… A vida está difícil 🙂

  2. Paulo

    Se tiveres a tentação de atirar os filhos pela janela fora … não há problema, é natural, acontece a todos. O que me oreocupa mesmo é se o fizeres!
    Um abraço e … amanhã é outro dia.

  3. Luís

    O que é que te deu? Estás-te a passar? Homem que é Homem, tem segundo o que sempre me disseram, para ser um ser completo, que plantar uma arvore (salvo erro já plantaste um limoeiro) escrever um livro, (não sei se já o fizeste, mas pelo menos já ilustraste um) e ser pai, mas pai com orgulho e francamente parece-me ser o teu caso… portanto, a que se deve esse desabafo completamente estapafúrdio?
    E fora de contexto, mas não menos importante, como é, vamos ao jantar?

Leave a Reply