Hoje é sexta ou sábado?

O senhor que está a botar sheik é alemão. O público não está identificado mas parece-me que são também alemães. Pelo menos, portugueses é que não são. O senhor é o típico alemão. Pelo menos para mim, este é o alemão típico: contido mas expressivo. Parece muito mal? Assim, à primeira vista parece uma enorme contradição. Contido mas expressivo? É verdade. Essa é a ideia que eu tenho dos alemães. São um povo muito contido no seu dia a dia, com objectivos muito bem definidos, com uma capacidade de realização muito grande. Não gostam de inventar no que diz respeito à organização da sua sociedade, do seu estilo de vida.

Fazem por ter e conseguir um nível de vida que lhes permita a expressão daqueles que são o motor dos valores culturais alemães. São um povo que se está a marimbar para a imagem que deles possam criar. Sempre adorei os filmes do Fassbinder. Eram crús. Expressivos. Não eram fáceis. Os alemães continuam iguais a si mesmos. Não são fáceis de gostar. Eu gostava do Fassbinder porque partia a louça toda.
Nem sei muito bem porque estou com esta conversa toda para no final dizer que não os suporto como nação. E, volto a repetir, não tenciono comprar nada que seja fabricado na alemanha. Então bêemedablius… nem pensar… já vêm do tempo do tio adolfo…

Leave a Reply