Oito de Fevereiro de dois mil e sete.

Jane Fonda photographed by Milton Greene, 1960s (1)

Não é que seja uma data muito importante. Nem sei o que se passou no mundo durante esse dia. Também não vou procurar num daqueles sites manhosos… Não interessa para nada e o que se passou… já lá vai. Apenas me lembrei da data porque foi esse o dia em que comecei a publicar neste blogue. Tenho de confessar que foram sete anos de diversão, essencialmente diversão. Não percebo lá muito bem porquê mas, ao fim destes anos todos, continuo com uma simpática legião de fiéis seguidores, o que me deixa embevecido. Na sua grande maioria são pessoas minhas amigas, que conheço pessoalmente e que, ao fim deste tempo todo, vão começando a entender aquilo que eu ando para aqui a escrever. É preciso terem muita paciência para me conseguirem decifrar… Já tive comentários do outro mundo e outros deste mas a grande maioria limita-se a ler e, espero eu, a continuarem com vontade de cá tornarem. Pode ser muita pretensão minha. Eu sei disso. Mas é o meu espaço e se conseguir fazer sorrir alguém que me esteja a ler já é muito bom. Na maioria das vezes, aquilo que escrevo é desempoeirado e sem pretensões a grandes voos. Acabo por deixar transparecer um pouco da minha vida. Umas vezes a vida vai bem e noutras vai mal. Tem sido sempre assim e também é perceptível qualquer mudança de espírito…

Há assuntos que eu não abordo por estas bandas mas também há outros que não deveria abordar e… abordo. Este espaço é meu e reflecte a minha vida. Se devia ou não, só daqui a uns anitos é que vou perceber… É o meu ritmo e não há nada a fazer.

Fiquem bem que eu vou festejar este aniversário… atrasado…

Leave a Reply