Sexta feira à noite e sem nada de especial para fazer.

PixMix748-015

Começar por pensar em prazer quando se está a ouvir isto? Pode-se começar por aí, mas é pouco.

Pouco?

Sim, pouco!

Cada pessoa tem os seus argumentos acerca do prazer. Do prazer que consegue obter.

Acabaram de ouvir? O mesmo que eu? E ccccccoonnnseguiram pensar em prazer?

Não, pois não?

Tem demasiado ruído. O prazer não precisa de ruído.

O meu prazer passa pelo básico.

Porquê? Pelo básico?

Porque eu sou básico. Tenho necessidade do prazer básico. Aquele prazer que vem de dentro, quase animal. Que funcione como factor de equilíbrio. Equilíbrio físico e emocional. Quem pode achar que o equilíbrio se consegue com mais do que isso?

Eu não estou muito virado para soluções alternativas… porque acho que todos nós andamos todos atrás do mesmo. Vivemos para encontrar o prazer.

Aquele prazer que inunda a nossa alma.

Que invade aquela zona do nosso cérebro e nos deixa em biquinhos dos pés para conseguirmos respirar

Eu sei, são muitas musiquinhas para serem ouvidas… não há pachorra…

 

Leave a Reply