Arquivo de etiquetas: Porque são do coração.

Um exagero nunca é demais.



Eu sei que pode parecer um exagero. Mas não é. Nem tão pouco uma pura manifestação do narciso que tenho dentro de mim, tenho? Nada disso. Este exagero todo de imagem só tem uma razão de ser, muito forte, e que me leva a achar que nunca é demais agradecer a quem nos quer bem, por isso, amiga, não consigo encontrar outra forma mais pessoal de te agradecer.

Eles que me desculpem a ousadia.

Não consegui resistir. Aqui estão eles, na bela Itália. O meu mano na companhia da bela Gaia (Cici) e com um ar de felicidade. Imagino as férias que eles estão a ter…
Dá para reparar no pormenor do mano estar sentado numa Scarabeo? É uma Scarabeo pequenina, mas linda na mesma. Será que o mano se converteu, finalmente, às vantagens de andar de scooter? Espero bem que sim e, pelo menos desta vez, siga as pisadas aqui do velhote.
Já agora, essas férias nunca mais acabam??? Sortudo.
DIVIRTAM-SE.

Ao meu mano, que está de férias.

O meu manito está de férias. Está na longínqua Itália (também não é assim muito longe, mas é o suficiente para eu não ir até lá) e a esta hora deve estar nos braços de sua amada (CICI) a bela Gaia, de seu nome, e por aquilo que eu sei, deve estar mesmo numa nice. O mano merece. A vida está a começar a sorrir para ele, por isso, só tem mesmo é de a viver com intensidade.
Beijo do mano. E diverte-te com a tua CICI, para quem mando também um beijo.

OBRIGADO. MESMO.

Pois é. Fui sair e voltei quase agorinha. Foi o tempo suficiente para ficar a saber que a minha colecção de discos em vinil já está vendida, o que me deixou muito feliz. Fica muito bem entregue e gostaria de agradecer, aqui e agora, esta compra relâmpago, que para mim foi indescritível.
A todos os que se mostraram interessados agradeço esse mesmo interesse mas já não há nada a fazer.

Doeu?

Pois é, no passado dia nove de Fevereiro o meu amigo Caló bebeu um ice tea e mudou.
Fez quarenta anitos, pelos vistos daqueles com uma barriguita… não tenhas cuidado, não, e vais ver onde vais parar…
Fazer quarenta anos não custa nada, o que custa mesmo é mantê-los…

Acontece.

Hoje de manhã fui com a minha Cátia Vanessa tirar os pontos da operação que ela fez. É verdade, a minha cadela Fox Terrier esteve mais para lá do que para cá, felizmente, safou-se.
Nunca mais vai poder ter filhotes, mas isso até é bom pois já tem dez anitos em cima.
Claro que o Natal, já era, só mesmo as minhas filhinhas é que o vão gozar mesmo, que bem merecem.