Arquivo de etiquetas: Sempre atarefado.

Estou a acabar.

Nem de propósito. Avaliar é sempre um acto solitário. É sempre difícil avaliar os outros mas, nesta altura do campeonato e depois de muitas aulinhas, a coisa torna-se quase fácil. Já tenho quase tudo pronto, só me falta mesmo ver um trabalho… e depois, depois, já posso sossegar a franga, que esta coisa das avaliações deixa-me sempre num estado muito alterado…
Eu sei que não é muito simpático eu estar a dizer isto, pois as pessoas continuam com as suas responsabilidades e eu, ohhhhhhhhhhhhhh, mas o resto que se avizinha, para mim, faz-se mecanicamente, sem precisar de me angustiar. As vigilâncias de exame, as reuniões de grupo, departamento, a papelada e por aí fora, nada disso me tira o sono. Então se vier aí um calorzinho… que me deixe ficar empoleirado, a apanhar sol, então é que as coisas correm mesmo bem.

Here I go.

Eu não disse que ia mudar de vida? Pois é, já dei o primeiro passo. Hoje tive a primeira oportunidade para fazer um registo na minha agenda nova, a tal que a minha senhora me ofereceu, e adivinhem lá o que é que eu lá marquei? Um encontro de coros que se vai realizar na Póvoa de Varzim, no qual vou participar. Dá para acreditar? Eu também acho que não, mas…

Que rico dia.

Ontem o dia esteve concorridíssimo. Hoje também está, mas o de ontem… não tem comparação possível, é que era domingo, e ao domingo as pessoas têm sempre uma outra disponibilidade. Para além de toda essa disponibilidade, ontem, sem que eu reparasse (eu sei que é imperdoável) coloquei o meu post 666… tudo bem que o Koldo Barroso até merece, mas eu sei que também mereço e, nestas situações, não costumo vacilar, mas desta vez passou-me mesmo. Pudera, com tanta azáfama outra coisa não seria de esperar.

Vou começar um.

Como ser humano persistente, lá consegui encontrar os meus endereços electrónicos… ou pelo menos parte deles, para já… encontrei os de lojas e sites pessoais de material da segunda guerra mundial. Tudo relacionado com modelismo desta época e, quem tiver a pachorra de aqui deixar mais algumas pistas, eu agradeço do fundo do coração. Aqui fica um dos sites, que é bastante completo e com larga oferta. Eu já tenho muita coisa, que fui comprando até há três anos, altura em que o dinheiro para estas coisas acabou, e a escala é a 1/87, que está relacionada com os comboios. A minha próxima maluquice vai ser construir um pequeno diorama, aqui no escritório, sem que a minha senhora saiba ou, sequer, se aperceba, senão vou ter que o construir na sala, e isso eu não queria porque já lá tenho dois e pode parecer exagero, da minha parte.

Amanhã.

Outras das razões porque não tenho vindo muito aqui, prende-se com o facto de andar a fazer uma data de asneiras, no computador, claro. Sempre que chega à altura (falta um dia para o lançamento oficial) de fazer um upgrade do meu Kubuntu, eu começo a inventar e a experimentar todas as versões não definitivas que vão sendo lançadas. Conclusão; como não percebo lá muito disto, não consigo resolver alguns “bugs” que vão aparecendo e então… vou-me entretendo a instalar tudo de novo… só que agora já estou esperto e faço backup de tudo, ou quase tudo… já foi pior…

Como amanhã é o grande dia, vamos lá ver se fico com o meu Kubuntu nos trinques.

Não ficou esquecido.

Voltando atrás, uns diazitos, por detrás de moi aparece um bocado da parede da sala que ficou cor de cereja, embora não pareça pois era de noite e a máquina só resolve tirar boas fotografias de dia e com muita luz, por isso de momento foi o que se pôde arranjar. Quando passar este temporal de uma vez e os dias ficarem novamente radiosos, eu coloco aqui umas valentes fotos.

Até me cresceram os músculos.

Finalmente. Acabei de pintar a sala. Tecto e paredes a duas cores… acho que ficou engraçado. Só faltam mesmo alguns pequenos retoques, junto às madeiras, que têm de ser dados quando tiver novamente a mão firme… está muito cansada com a actividade desenvolvida… e precisa descansar, senão vou disparar jactos de tinta por todo o lado e dar cabo de todo o trabalhinho. Agora só espero que as minhocas não desatem a riscar as paredes… pois a nossa aposta foi em acharmos que elas já estão crescidinhas para não fazerem esse tipo de asneiradas. A ver vamos.
Quando passar este tempo horroroso e houver mais claridade tiro umas fotos e ponho aqui, para partilhar.

Começou.

Pois é. Uma pausa kitkat. Já preparei a minha sala toda para começar a pintá-la. Ainda tenho uma bela de uma tarde pela frente… depois vou ver se consigo tirar umas fotos para todos verem como vai ficar linda, a minha sala.

Que seca.

Sinto-me um bocadito frustrado. Estas férias estão a ser uma seca. O tempo chato como está tira-me a possibilidade de fazer uma data de coisas que já tinha programado fazer. Mesmo que não quisesse fazer nada e ir para um café ler uns livros (que saudades) não dá vontadinha nenhuma… e pelo andar da carruagem, amanhã parece que vai continuar assim. Eu bem sei que o país estava tecnicamente em seca, mas tinha de chover nas férias?

Ricas férias.

Cansado, cansado, cansado… mas que se pode fazer? A minha rica senhora achou por bem pintar o quarto… e mainada… toca a pintar que se faz tarde. De início não estava a achar piada à cor, mas depois de pronto, ficou muito agradável. Claro que esta foto não é fiel à cor, mas depois ponho aqui outra, tirada com mais luz.

Paah. Já está.

Pois é. Parece impossível, mas é verdade. Acabei as avaliações deste período. Agora é só papelada para preencher… mas isso, é com uma perna às costas, por assim dizer. Depois de duas noites com pouquíssimas horas de sono, agora sabe bem relaxar um pouquito. Mas vai ser sol de pouca dura pois vou aproveitar estas férias para arranjar uma data de tretas aqui em casa. Vou ainda tentar organizar este escritório (está um caos) e enviar alguma tralha para a reciclagem. A ver vamos.